terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Engano meu

Tem feridas que o amor não cura
Engano meu achar que o amor cura algo

O amor machuca
O amor te expõe

Te arrisca a querer o mundo todo
Tem engana a pensar que o mundo é pouco
E que alguém é suficiente

Risca e rabisca na tua pele tatuagens de histórias que você não quer lembrar
Risca e rabisca na tua mente as dores e doçuras que te fizeram se tornar
Quem tu és hoje?

Engano meu achar que o amor cura algo
Amor cria
Memórias, histórias, dores, sabores, lembranças, feridas... pessoas.
Amor humaniza.




Gosta do blog? Que tal nos acompanhar nas redes sociais? 

Beijos, Marcelinha

Um comentário:

  1. gostei de seu poema ou verso, kkk sou meio burro, bem belo blog, vou acompanhar seu blog, se precisar de ajuda com algo dá uma passadinha lá em meu blog, abraços. linuxbugone.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...